jusbrasil.com.br
1 de Outubro de 2016
    Adicione tópicos

    Barbosa diz que é apenas um barnabé no julgamento do mensalão

    G1 - Globo.com
    Publicado por G1 - Globo.com
    há 4 anos

    Ao deixar a cerimônia de posse do ministro Felix Fischer como presidente do STJ, o relator do processo do mensalão, Joaqui Barbosa, rejeitou o rotulo de 'heroi' e disse que é apenas um "barnabé no processo".

    Uma mulher que acompanhava a cerimônia, ao passar perto de Barbosa, disse ao ministro: "Você é o nosso herói" - fazendo referência ao trabalho do ministro no julgamento.

    O ministro então riu e respondeu. "Que isso, gente? Eu sou um barnabé do processo" .

    Perguntado também por um jornalista sobre como estava avaliando o desdobrar do julgamento no STF, Joaquim Barbosa simplesmente respondeu: "Está tudo indo muito bem".

    Posse no STJ O ministro Felix Fischer tomou posse nesta sexta-feira (31) como novo presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Fischer está no tribunal há 15 anos e era o vice-presidente. Ele ficará dois anos no comando do STJ - segundo tribunal mais importante no país.

    Gilson Dipp, ministro do STJ que também acumula as funções de conselheiro do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e integrante da Comissão Nacional da Verdade, tomou posse como vice-presidente.

    Compareceram à cerimônia de posse, realizada no plenário do STJ, a presidente da República, Dilma Rousseff, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Carlos Ayres Britto, o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, e os presidentes da Câmara, Marco Maia, e do Senado, José Sarney (PMDB-AP). saiba mais

    No evento, estavam presentes ainda as ministras do Supremo Rosa Weber e Cármen Lúcia; os ministros José Eduardo Cardozo (Justiça), Aloizio Mercadante (Educação) e Edison Lobão (Minas e Energia); o advogado-geral da União Luís Inácio Adams; e os governadores Marconi Perillo (PSDB-GO), Agnelo Queiroz (PT-DF), Sérgio Cabral (PMDB-RJ) e Beto Richa (PSDB-PR). Além disso, também compareceram parlamentares, como os senadores Álvaro Dias (PSDB-PR) e Roberto Requião (PMDB-PR).

    Felix Fischer nasceu em Hamburgo, na Alemanha, e completou 65 anos nesta quinta (30). Naturalizado brasileiro, o ministro atuou no STJ principalmente na área de direito penal. Segundo o STJ, ao longo dos quase 16 anos na corte, Felix Fischer analisou cerca de 98 mil processos.

    No discurso de posse, Fischer defendeu "alterações legislativas que afastem de vez a imagem errônea de que esta Casa seja uma terceira instância recursal". "Tribunal superior não é tribunal de apelação. As missões são distintas. A função constitucional do Superior Tribunal de Justiça está voltada, principalmente, quando provocado, para a padronização da jurisprudência infraconstitucional."

    Disponível em: http://g1-globocom.jusbrasil.com.br/noticias/100048524/barbosa-diz-que-e-apenas-um-barnabe-no-julgamento-do-mensalao

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)