jusbrasil.com.br
6 de Abril de 2020
    Adicione tópicos

    Gaeco-MT apreende dinheiro em operação sobre compra de sentença

    Dólares e R$ 7 mil foram apreendidos em casa de empresário nesta terça. Suspeito teria liberado dinheiro para soltar traficantes presos em 2011.

    Publicado por G1 - Globo.com
    há 7 anos

    Agentes do Grupo de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) apreenderam R$ 7,2 mil e mais US$ 2 mil na residência do proprietário de um posto de combustíveis, em Várzea Grande, na região metropolitana de Cuiabá.

    Ele é apontado nas investigações da Operação Assepsia, deflagrada pelo Ministério Público em Mato Grosso e outros 11 estados, como suspeito de liberar dinheiro para a compra de uma decisão judicial que facilitaria a soltura de uma família, presa na operação Maya em 2011 por tráfico de drogas.

    O Gaeco informou ao G1 que, além do dinheiro apreendido, uma cópia da decisão judicial que determinou a prisão da família em 2011 foi encontrada na residência do empresário. Segundo o coordenador do Gaeco, o promotor Marco Aurélio Castro, o documento apreendido 'é um indício da ligação de Milton com o esquema criminoso'.

    O empresário, um estudante de Direito, um advogado e mais um servidor do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) estão presos. Um suspeito ainda...

    Ver notícia na íntegra em G1 - Globo.com

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)