jusbrasil.com.br
21 de Setembro de 2019
    Adicione tópicos

    Promotor de justiça cancela casamento gay em Florianópolis

    Contra a determinação do Conselho Nacional, autoridade cancelou a união. Promotor argumenta que só aceita casamentos de homem com mulher.

    Publicado por G1 - Globo.com
    há 6 anos

    O promotor de justiça Henrique Limongi cancelou um casamento gay em Florianópolis nesta semana. Na habilitação de casamento, a autoridade escreveu que só prestigia união estável ou entidade familiar, se esta for composta por um homem e mulher. Apesar de argumentar que seguiu a lei em vigor, a autoridade foi contra uma resolução do Conselho Nacional de Justiça que autoriza os cartórios e o Ministério Público a aceitarem o casamento homoafetivo.

    Para garantir o casamento, que estava marcado para o dia 22 de junho, Leandro Aparecido Gome...

    Ver notícia na íntegra em G1 - Globo.com

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)