jusbrasil.com.br
21 de Setembro de 2019
    Adicione tópicos

    Promotor contesta informação sobre desconto em ônibus para domésticas

    Prefeito de São Carlos afirmou que redução foi solicitada pela Promotoria. Segundo o MP, a diminuição de 40% para 20% foi um pedido da empresa.

    Publicado por G1 - Globo.com
    há 6 anos

    O Ministério Público de São Carlos (SP) contestou uma afirmação do prefeito Paulo Altomani (PSDB) sobre a redução nas passagens de ônibus para empregadas domésticas na cidade. Em entrevista coletiva, Altomani afirmou que o desconto de 40% na tarifa foi reduzido para 20% a pedido da Promotoria. A assessoria de imprensa da Prefeitura informou em nota que houve um mal-entendido.

    "As empregadas tinham um desconto de 40%, houve uma manifestação do Ministério Público no sentido de que elas não teriam ...

    Ver notícia na íntegra em G1 - Globo.com

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)